CCVB
 
Escolha o Idioma
 
LOGIN ÁREA RESTRITA
 
 
 
 

Parabéns piá

« Voltar

 

 

Piá, vina, dolanguE, penal, leitE quentE, daí, né, capaz!, biarticulado, mimosa. Essas palavras e expressões fazem parte de um dicionário muito particular: o do curitibano. A metrópole que completa 320 anos amanhã já foi chamada de “Sorriso”, de “Ecológica”, ou simplesmente “Curita”. Tantas peculiaridades exigem um presente diferente para comemorar o aniversário da capital.

>> Vídeo: assista um especial com as dicas de quem está nas ruas todos os dias

O caderno de Turismo perguntou a personalidades de Curitiba quais os lugares turísticos que ajudariam o visitante a conhecer melhor a cidade, seu estilo de vida, sua cultura e suas nuances. O resultado está nessa edição. Aqui, o leitor vai encontrar lugares que empresários, políticos, artistas, religiosos, intelectuais, atletas e gourmets consideram ícones da paisagem curitibana. Um pequeno guia para quem visita Curitiba pela primeira ou milionésima vez, para conhecer uma cidade que sempre tem algo diferente para mostrar.

Uma voltinha em Curitiba

Como explorar a cidade em recantos históricos, áreas verdes, boa comida e muita diversão

Centro

A Rua das Flores é amigável ao turista. Um passeio entre a região da Praça Osório e o prédio antigo dos Correios dá ao visitante um amplo cenário da capital do Paraná. A XV de Novembro foi a primeira rua do país fechada para o trânsito de veículos e concentra comércio, serviços, lazer e gastronomia para todos os gostos. É a paisagem de Curitiba mais conhecida no Brasil. Na caminhada, que pode começar na Boca Maldita, em frente à Praça Osório, vale desviar para a Praça Generoso Marques para tomar um café no Paço da Liberdade. Meia quadra adiante, no Marco Zero de Curitiba, na Praça Tiradentes, é possível ir até a recém-restaurada Catedral Basílica, construída entre 1876 e 1893 em estilo neogótico.

Indicações de Gustavo Fruet, Gustavo Hass, Reinaldo Bessa, Guta Stresser, Reginaldo Manzotti, Diogo Portugal, Teka Sandrini, Fagner Zadra e Ary Fontoura.

Cultura e Conhecimento

O prédio histórico da Universidade Federal do Paraná foi eleito o símbolo da capital em uma votação realizada pela internet em 1999, com um milhão de votos. A construção imponente, com suas escadarias e vitrais, fica diante da Praça Santos Andrade, repleta de bustos de personagens da história paranaense e um marco cultural da cidade, já que fica entre o prédio da Federal e o Teatro Guaíra, um dos maiores da América Latina, oficialmente inaugurado em 1974. O complexo do Guaíra tem diferentes auditórios e é palco de grandes espetáculos, com artistas nacionais e internacionais.

Indicações de Zaki Akel Sobrinho, Gustavo Fruet, Luiz Fachin, Fagner Zadra e Regina Vogue.

Gastronomia

Curitiba oferece comida boa e farta, de petisco de boteco a alta gastronomia. O Batel concentra grande parte dos restaurantes mais refinados, mas há opções populares e pitorescas em todo canto. No Largo, o Bar do Alemão tem chope e carne de onça. O churrasco com batata griset do Bar Palácio pode ser saboreado no centro da cidade, onde também está o ambiente animado do Pantera Negra (antigo Gato Preto). Perto dali, o calzone da pizzaria Baviera faz sucesso há 40 anos. Santa Felicidade tem o Madalosso e uma coleção de bufês italianos. Para quem gosta de colocar a mão na massa, o Mercado Municipal é uma festa para o paladar. E, depois da reforma, ficou ainda mais agradável e convidativo para um passeio saboroso.

Indicações de Gustavo Hass, Salomão Soifer, Paulo Rink, Reinaldo Bessa, Ricardo Zonta, Leandro Narloch, Leandro Knopfhonz e Alexandre Bressanelli.

Áreas verdes

Os parques da capital são a praia do curitibano. Gramados extensos, sombra, churrasqueiras, pistas de corrida, lugar para andar de bike, passear com a família e curtir crianças e animais. O Barigui é o mais citado, mais ainda há o Tingui, o Tanguá, o Jardim Botânico, o Bosque do Alemão e do Papa. A antiga pedreira Paulo Leminski e a Ópera de Arame também estão na rota, próximos ao São Lourenço. Cada um tem uma particularidade: a chaminé do Barigui, a estufa de plantas e o recanto sensorial do Jardim Botânico, os mirantes do Tanguá e do Passaúna e uma ciclovia que liga a maior parte deles.

Indicações de Paulo Rink, Rafael Greca, Reginaldo Manzotti, Ricardo Zonta, Leandro Narloch, Guta Stresser, Gustavo Fruet, Gustavo Hass, Alice Ruiz, Ary Fontoura, Isabeli Fontana, Leandro Knopfhonz e Cassio Taniguchi.

Museus

O Museu Oscar Niemeyer é conhecido como o Museu do Olho, apelido do anexo construído em frente ao prédio principal, o antigo Palácio Castelo Branco, também projetado pelo arquiteto carioca. Completou dez anos em 2012 e é um dos cenários mais fotografados da cidade. Além do acervo fixo e exposições visitantes, é ponto de encontro de moradores, que ocupam o gramado dos fundos com cães de todas as raças e tamanhos nos fins de semana. O Museu Paranaense é outra joia da cultura local. Instalado no Largo da Ordem, tem um acervo de 400 mil itens, entre documentos, fotografias, objetos, indumentárias e representações de todas as fases da colonização do estado. O Museu Guido Viaro abriga a coleção de um dos artistas paranaenses mais importantes. O lugar ainda promove palestras e workshops sobre artes, além de sessões especiais de cinema.

Indicações de Chacón, Guta Stresser, Teka Sandrini, Regina Vogue e Ary Fontoura.

Centro Histórico

O Largo da Ordem e as ruínas do São Francisco estão entre as preferências de curitibanos e visitantes. A feirinha de artesanato, aos domingos, é passeio obrigatório para quem visita a cidade. Tem música, comida, roupa, objetos, móveis, bijuterias e uma infinidade de produtos e lembrancinhas. A região também tem pequenos segredos, como o Rio dos Pinhões, dentro do Memorial de Curitiba, o museu da Igreja da Ordem e o interior da Igreja do Rosário. Perto dali, o Solar do Barão e a Igreja Luterana também são recantos imperdíveis.

Indicações de Diogo Portugal, Paulo Rink, Rafael Greca, Júnior Durski, Reinaldo Bessa, Rosy de Sá Cardoso, Reginaldo Manzotti e Ary Fontoura.




 


 
 
SOBRE CCVB   CURTA CURITIBA E REGIÃO   ASSOCIADOS   EVENTOS
Sobre o CCVB
O que são os CVBx
Equipe Executiva
Programas e Serviços do CCVB
Sala de Imprensa
Estrutura
Trabalhe com Turismo e Eventos
 
Curta Curitiba e Região
Sugestão de Roteiros
Guia Prático
Aplicativos
Programa Curta Curitiba
Atrativos Curitiba e Região
Sou Curitiba
Programa Vem Ver Curitiba
 
Conheça os Associados
Sobre os Associados
Programa CCVB só pra Você
Campanha Eu apoio Room Tax/Doação para o Turismo
PIC - Programa de Incentivo à Capacitação
Seja um Associado
Promoções e descontos
 
Realize seu evento em Curitiba e Região
Nosso apoio para seu evento
Locais para o seu evento
Prestadores de serviços
Curta Curitiba mais 2 Dias
Agenda de eventos
Cadastre seu evento
Relatórios
             


Alameda Julia da Costa, 64 - 3º andar - Alto São Francisco - CEP: 80.410-070 - Curitiba-PR / Brasil

Tel/Fax: 55 41 3233-8500 | Fale conosco: 41 9 8738-1177(WhatsApp) | curitibacvb@curitibacvb.com.br